HÚMUS — FESTIVAL LITERÁRIO DE GUIMARÃES

«Tudo é novo e esplêndido. Embriaga o ar que se respira e o primeiro sonho que sonhamos. É novo e cheio de surpresas, o Verão.»

Os Pescadores

«E ainda o que nos vale são as palavras, para termos a que nos agarrar.»

Húmus

«Julgava que o amor ia diminuindo com o tempo — e o meu amor não cessa de aumentar até à morte e para além da morte.»

Memórias, vol. II

«Portugal, nos primeiros dias de primavera, é coberto de asas e o céu azul chilreia. Toda a gente espera as andorinhas.»

Portugal Pequenino

«Tendo analisado de perto todos os sentimentos, o amor e a amizade, a experiência dera-lhes tintas de sonho ao desespero.»

História dum Palhaço

«Se tivesse de recomeçar a vida, recomeçava-a com os mesmos erros e paixões.»

Memórias, vol. I

Raul Brandão